Grande Curitiba

Como fazer sua parte no cuidado com o Meio Ambiente?

Conheça algumas sugestões de ações que envolvem serviços oferecidos pela Prefeitura
2 de junho de 2021 às 17:02
(Foto: Divulgação)

COM ASSESSORIAS – Contribuir para a preservação do Meio Ambiente é, na verdade, contribuir para a nossa própria qualidade de vida. A mudança de hábitos e a adoção de atitudes simples (e conscientes) podem fazer muita diferença no cuidado com a natureza. A seguir, algumas sugestões de ações que envolvem serviços oferecidos pela Prefeitura. Cada pessoa pode se envolver de alguma maneira nessas ações.

MUDAS GRÁTIS – A Prefeitura de Araucária fornece gratuitamente mudas para moradores de Araucária. São disponibilizadas, anualmente, até 30 mudas por CPF no Horto Municipal, localizado no Distrito de Guajuvira. São mais de 40 espécies, entre árvores frutíferas e plantas ornamentais. Entre as mudas disponíveis no Horto, há aroeira, araucária, palmeira de jardim, erva mate, hortênsia, azaleia, goiaba, jabuticaba, pitanga, entre outras. Para retirar as mudas é bem simples: basta ir ao Horto com CPF em mãos e comprovante de residência, realizar o cadastro e escolher quais espécies deseja, seja para reflorestar ou decorar o jardim. Mais informações: (41) 3647-1112.

TERRENO LIMPO 01 – Móveis, eletrodomésticos da linha branca (fogão, geladeira, máquina de lavar, TVs), pneus e galhos são alguns exemplos de itens recolhidos gratuitamente pela Prefeitura de Araucária por meio de coleta agendada ao longo do ano. Esta ação tem impacto ambiental positivo por ajudar os moradores a dar o destino correto para esses materiais, além de evitar situações de proliferação de animais que possam representar risco à saúde. para solicitar o serviço, basta ligar para a Secretaria de Meio Ambiente e agendar a retirada dos itens pelo telefone (41)3614-7480 ou também pelo aplicativo Atende.net (na opção “Limpeza Pública”). É importante destacar que o serviço de coleta agendada não recolhe resíduos de construção civil; trata-se de uma responsabilidade do responsável pela obra, mas a SMMA pode orientar o responsável sobre o destino correto.

TERRENO LIMPO 02 – Lixo acumulado em terreno baldio? O Código de Posturas do Município (lei complementar 23/2020) prevê (art. 137) que cabe ao proprietário “manter os quintais, pátios, lotes e terrenos em perfeito estado de conservação e manutenção”. Isso inclui não acumular resíduos no terreno, manter o espaço roçado e murado/cercado e a calçada devidamente construída. Logo, mesmo se o descarte irregular de lixo no terreno for por terceiros (desconhecidos), a responsabilidade direta pode cair para o proprietário. O morador de Araucária pode registrar denúncia por meio da Ouvidoria do Município ([email protected] – 0800-643-1550) ou aplicativo Atende.net (na opção “Fiscalização”). Não é necessário saber se o terreno é público ou particular. Se for particular, o proprietário será notificado para realizar a limpeza. Se for área pública, entra na programação de limpeza da Prefeitura. Moradores podem ajudar na identificação do autor do descarte ilegal enviando informações (foto, vídeo, placa de carro…) para a Secretaria de Meio Ambiente (info: 3614-7480).

PILHAS, BATERIAS E LÂMPADAS – Uma parceria com o comércio de Araucária tem incentivado o descarte adequado de lâmpadas, pilhas e baterias. Eses materiais contêm metais tóxicos, como chumbo, cádmio e mercúrio – prejudiciais à saúde humana e ao meio ambiente. O consumidor pode dar a destinação correta dos itens de forma gratuita, basta procurar os locais de coleta cadastrados. No caso das lâmpadas, as entregas ocorrem na: COMAB, Condor, Raksa, Eletrorastro e Balaroti. Já sobre pilhas e baterias, há ponto de coleta na Droga Raia e na Sicoob Sul.

As Resoluções nº 257 e 263 do Conselho Nacional do Meio Ambiente, determinam que pilhas e baterias devem ser devolvidas aos seus fabricantes para que sejam descartadas corretamente, reutilizadas ou recicladas. Há ainda a Lei nº 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que prevê que esta devolução deve se dar por meio do processo denominado “Logística Reversa”, no qual o consumidor devolve os resíduos ao varejista de quem adquiriu o produto e este os destina adequadamente aos fabricantes.

RECICLAGEM E RENDA – Quando os moradores de Araucária separam os materiais para coleta seletiva, eles também contribuem para um importante trabalho social de geração de renda. Há anos, a Prefeitura dá o suporte necessário para a Associação de Catadores Reciclar. São cerca de 30 cooperados que trabalham no Centro de Processamento e Transferência de Materiais Recicláveis. A triagem desses materiais é a principal fonte de renda para essas pessoas. Em Araucária, a coleta seletiva é feita duas vezes por semana na região central e uma vez nos bairros. Na área rural, a coleta é realizada uma vez por mês.

MAUS-TRATOS – Agredir fisicamente ou agir para causar dor, sofrimento ou dano ao animal; deixar de buscar assistência médico-veterinária ou zootécnica quando necessária; manter animal em local desprovido das condições mínimas de higiene e asseio; submeter ou obrigar animal a atividades excessivas, que ameacem sua condição física e/ou psicológica, para dele obter esforços ou comportamentos que não se observariam senão sob coerção; utilizar de métodos punitivos, baseados em dor ou sofrimento com a finalidade de treinamento, exibição ou entretenimento são alguns exemplos de situações de maus-tratos definidos na resolução nº 1236/2018 do Conselho Federal de Medicina Veterinária. A equipe de fiscalização recebe denúncias de maus tratos de animais no município pelo telefone (41)3614-7480. Situações de animal preso em corrente curta, animal com acesso fácil à rua (o que poderia ocasionar em incidentes com pessoas ou outros animais), animais em situação debilitada (muito magros, sem alimento ou água), animais abandonados na residência são alguns exemplos de denúncias recebidas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

BIKES EM ALTA – Todo mundo sabe que bicicleta é uma opção de atividade esportiva e de lazer. Mas ela também pode ser uma opção de transporte barato, saudável e mais sustentável. Nos últimos anos, a Prefeitura de Araucária tem oferecido alguns incentivos para o uso das bikes. A implantação do Bicicletário, no Parque Cachoeira, é um exemplo do estímulo ao uso de bicicletas. O empréstimo de bikes para passeio no parque (temporariamente suspenso por causa da pandemia) é considerado uma prática de sucesso desde o início do serviço.

Os novos asfaltos e a boa iluminação em led na área rural têm incentivado muitos ciclistas do município a fazerem seu trajeto pelo interior do município. A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL) estima que dos 5 mil ciclistas da cidade, cerca de 1/3 utilize as vias rurais para passeio ou treino. Pensando na segurança de ciclistas e motociclistas que percorrem as vias rurais, a Prefeitura tem realizado a limpeza do asfalto. Vassouras recolhedoras próprias da Secretaria Municipal de Obras (SMOP) estão sendo usadas para realizar a limpeza do asfalto nessas localidades.

Na área urbana, a novidade será a implantação de ciclofaixa em um trecho de 3,5km da Avenida Manoel Ribas. A iniciativa é uma parceria da Prefeitura, Detran/PR e o Conselho Paranaense de Ciclomobilidade (CONCICLO), com apoio da Câmara de Engenharia, Infraestrutura e Inovação. O projeto piloto deve ter duração de um ano e, dependendo do resultado, a ciclofaixa  pode tornar-se definitiva no local e ainda implantada em mais vias da cidade. Na prática, será um ‘corredor’ específico para ciclistas entre a rua Minas Gerais (Costeira) e a São Vicente de Paulo (Centro).

* ATENDE.NET – Download (celular com sistema Android): CLIQUE AQUI

* ATENDE.NET – Download (celular com sistema IOS): CLIQUE AQUI