Grande Curitiba

Ações do Maio Amarelo envolveram milhares de pessoas de diferentes segmentos

O número de participantes das atividades do Maio Amarelo em Araucária mostra uma grande adesão de instituições públicas e particulares para tratar de assuntos sobre respeito e segurança no trânsito. O Maio Amarelo é uma mobilização mundial pela segurança no Trânsito
3 de junho de 2022 às 15:46
Palestra UEG (foto: divulgação/Trânsito)

COM ASSESSORIAS – O número de participantes das atividades do Maio Amarelo em Araucária mostra uma grande adesão de instituições públicas e particulares para tratar de assuntos sobre respeito e segurança no trânsito. As ações deste ano também mostram o trabalho de educação do Departamento de Trânsito com públicos muito diversos. Entre eles, crianças e trabalhadores das indústrias do município. O Maio Amarelo é uma mobilização mundial pela segurança no Trânsito.

A sequência de palestras ocorreu do início ao fim do mês. Entre os locais que receberam palestras estão: Usina Elétrica à Gás – Copel (público de 42 pessoas), Unidade Básica de Saúde do Vila Angélica (para usuários da UBS), Empresa Renova Ambiental – Repar (85 participantes), Empresas Sharp Transportes e Francovig (ambas de transporte coletivo – 160 motoristas e funcionários), Colégio Adventista (700 crianças), Empresa Ultragaz (70 profissionais).

Outras ações educativas também fizeram parte da programação dessa mobilização no município. Entre elas, duas blitz educativas envolvendo Polícia Militar, Guarda Municipal, Trânsito e Bombeiros. Em 05 de maio, houve uma ação específica de entrega gratuita e instalação de antenas corta pipa/anticerol a 87 motociclistas. Mas, ao longo do mês, foram mais de 600 antenas entregues e instaladas pela equipe do Departamento de Trânsito. Por meio da lei 20.264/20, o Estado do Paraná proibiu “a posse, o uso, a fabricação, a comercialização e o transporte da mistura de cola e vidro, popularmente conhecida como cerol ou linha chilena, bem como de qualquer outro produto que atribua efeito cortante aos fios utilizados na prática de empinar pipa”. A lei estadual prevê multa e destaca que, além desta, pode haver outras sanções, como as previstas na legislação penal. O uso da antena corta pipa/anticerol é uma segurança para os motociclistas.

Na Escola Municipal Professor Arlindo Milton Druszcz, 530 crianças participaram de uma ação em parceria com a Escola Pública de Trânsito do Detran/PR e carreta da Via Verde Transporte. Estudantes dessa mesma escola também visitaram o Detranzinho e ao Batalhão de Polícia de Trânsito da Polícia Militar, ambos em Curitiba. No Centro de Convivência do Idoso, o Departamento de Trânsito realizou orientações gerais sobre trânsito, entrega de protetor de painéis, de antenas corta pipa para motociclistas e de faixas refletivas para ciclistas. Além disso, 41 credenciais de para vagas especiais de estacionamento foram emitidas. Outra ação educativa ocorreu em parceria com a Empresa Via Dupla Transportes Rodoviários. O assunto tratou sobre pontos cegos da carreta e envolveu 70 funcionários e 150 veículos.

A equipe do Departamento de Trânsito também esteve presente a alguns eventos de terceiros, dentro e fora do município. É o caso da abertura do Maio Amarelo em Campo Largo e em Curitiba; no I Seminário Intermunicipal: Estratégias, Ferramentas e Inovação na Educação para o Trânsito; na I Jornada Interinstitucional Paranaense para o Trânsito Seguro (evento da PRF) e reunião do Conselho de Segurança Municipal (Conseg Araucária) para apresentação das ações do Departamento.