Grande Curitiba

Suspeito de assassinar ex-PM é preso; polícia acredita que vítima sofreu emboscada

O homem teria marcado um encontro com Hélio para acertar uma dívida, porém esse seria um pretexto para cometer o crime
2 de agosto de 2022 às 08:53
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Foi preso o suspeito de assassinar o ex-policial militar Hélio Maurício Bento, que foi encontrado enterrado em uma cova rasa em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba. Conforme as investigações da Polícia Civil do Paraná (PCPR), o homem armou uma emboscada para a vítima.

A prisão aconteceu no sábado (30) no bairro Barreirinha, em Curitiba. De acordo com a PCPR, o suspeito – que também é ex-policial – teria marcado um encontro com Hélio para acertar uma dívida, porém esse seria um pretexto para cometer o crime.

Ainda de acordo com a polícia, ambos pertenciam a uma mesma quadrilha de traficantes. “Pode se dizer que é uma rede grande, que envolvia grandes quantidades de entorpecentes“, contou o delegado Cassiano Aufiero.

O delegado ainda relata que a polícia não descarta o envolvimento de mais suspeitos no crime.

Ex-PM encontrado morto

O corpo de Hélio Maurício Bento, de 44 anos, ex-policial militar, foi encontrado enterrado no fim da tarde do dia 5 de julho, em um terreno às margens da PR-418, no bairro Prado, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

De acordo com a família, Hélio desapareceu no dia 1º de julho, no bairro São Francisco, em Curitiba. A família informou que o ex-PM estava trabalhando como técnico de informática e como motorista de aplicativo.

Naquele dia, ele estava saindo para trabalhar, mas após as 10h não deu mais nenhuma notícia aos familiares. Conforme a polícia, o corpo estava enterrado e com marcas de violência.

Fonte: RIC Mais

Leia mais clicando AQUI