Grande Curitiba

Curitiba tem fim de ano com obras da Prefeitura nos bairros

22 de novembro de 2022 às 15:49
(Foto: Levy Ferreira/SMCS)

COM ASSESSORIAS – Os meses de novembro e dezembro, período em que os curitibanos já entram em clima de fim de ano, acelera o ritmo de obras da Prefeitura de Curitiba nos bairros. A Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop) tem uma série de intervenções de infraestrutura em andamento ou a iniciar nos próximos dias, outras em fase de conclusão, além de serviços de manutenção nos bairros das dez administrações regionais da cidade.

Enquanto a população celebra a programação do Natal de Curitiba -Luz dos Pinhais 2022, qu estreia nesta terça-feira (22/11), também precisará ficar atenta ao movimento dos trabalhos que podem exigir, em alguns pontos, mais atenção ao trânsito e à sinalização.

São intervenções socioambientais de cidade inteligente nas áreas de mobilidade urbana, pavimentação, saneamento, habitação social e iluminação pública.

O prefeito Rafael Greca destaca o volume de investimentos que a administração municipal está fazendo na cidade, com obras que ao mesmo tempo impactam na melhoria da qualidade de vida das pessoas e da economia da cidade, com a criação de novos empregos de forma direta e indireta.

“Estamos buscando atender a todos os bairros com obras e ações, a exemplo de pavimentações asfálticas, construção de CMEIs, unidades de saúde, reforma de equipamentos sociais, bacias de contenção, enfim, intervenções necessárias para melhorar a infraestrutura da cidade, para prepará-la aos desafios do futuro e ao mesmo tempo atender às demandas apresentadas pela população”, diz Greca.

Frentes de trabalho em pavimentação

Dentre as obras em andamento estão as de requalificação de ruas, com asfalto novo em obras de fresa e recape, reciclagem do piso e implantação de asfalto em ruas antes cobertas de saibro, sem nenhuma infraestrutura.

O programa de recuperação da malha viária da cidade, que desde 2017 já assegurou 718 km de asfalto novo na cidade, tem aproximadamente 60 frentes de trabalho acontecendo, em diferentes bairros, a maioria delas nas regiões mais distantes do Centro.

São exemplos de ruas passando por intervenção a Izaac Ferreira da Cruz (Pinheirinho), Rezala Simão (Santa Quitéria), Ricardo Lemos (Ahú), Manoel Celestino Boaventura (São Braz) e Desembargador Otávio do Amaral (Bigorrilho).

Em dezembro, a Secretaria Municipal de Obras Públicas vai autorizar o início de mais quatro lotes que somados vão assegurar mais 81 km de asfalto novo em vias da cidade.

Fim do saibro

Por meio do programa Asfalto no Saibro, obras de pavimentação e infraestrutura completa de drenagem acontecem nas ruas Luiz Augusto Marckmann Grokoske (Portão), Albo Brunetti (Pinheirinho), José Baggio (Portão), Papa Pio VIII (Santa Felicidade), Estrada da Colônia Augusta (CIC), José Perussi (Butiatuvinha), Rua dos Palmenses (São Miguel), Aretuza Machado de Andrade (Campo do Santana), Estrada Delegado Bruno de Almeida (Caximba), Manoel Ordones (Alto Boqueirão) e José Bajerski, no Abranches.

Para 2023, outras 235 ruas de bairros das dez regionais devem ser alcançadas pelo programa. Os projetos para pavimentação e implantação de drenagem das ruas já foram contratados e estão em andamento.

O ritmo das obras é dinâmico, com frentes iniciando e finalizando. Nas ruas onde as obras são para a requalificação do pavimento, os serviços levam em média de uma semana a 20 dias, dependendo das extensões e trechos que recebem a intervenção.

Já para livrar da poeira e da lama as pessoas que vivem em ruas de saibro, as obras têm mais serviços e tempo, com uma média de 30 dias para a realização, também considerando a extensão da via contemplada.

As obras de requalificação e implantação do asfalto podem ser solicitadas pelo cidadão. O caminho é a participação no programa Fala Curitiba, de audiências públicas ou pela Central 156.

Caminhar Melhor

Curitiba está ganhando novas calçadas mais planas, seguras, humanizadas e acessíveis, a partir das intervenções do Programa Caminhar Melhor. Um exemplo está no Boqueirão, na Rua Bley Zorning, um pólo têxtil da cidade.

A intervenção acontece em um quilômetro, no trecho entre a Avenida Marechal Floriano Peixoto e a Rua Willian Booth. Mais de 99% dos trabalhos do calçamento já foram concluídos.

E vem mais por aí. Estão em fase de licitação obras de acessibilidade nas calçadas da Alameda Prudente de Moraes, no Centro, e da Rua Desembargador Cid Campelo, na CIC.

O secretário de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues, destacou a relevância de todas as obras para a cidade e investimentos que estão sendo aplicados em construção de novos projetos viários de mobilidade urbana.

“São obras estruturais que vão contribuir muito para desenvolver nossa cidade, deixá-la mais acolhedora, eficiente, bonita”, diz Rodrigues.