Grande Curitiba

Terminal do Boqueirão terá bacia de contenção para prevenir alagamentos

11 de janeiro de 2023 às 11:46
(Foto: José Fernando Ogura/SMCS)

COM ASSESSORIAS – O Terminal do Boqueirão está entre os pontos da cidade em que a Prefeitura de Curitiba está realizando melhorias para prevenir o risco de alagamentos causados por chuvas intensas, comuns no verão.

Sob o estacionamento, na área ao lado do terminal, a Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop) está implantando uma bacia de contenção de cheias, com capacidade de reter até 510 mil litros de água.

Na tarde desta terça-feira (10/1), o prefeito Rafael Greca vistoriou as obras, que vão aumentar a capacidade de drenagem do local.

“Estamos trabalhando para evitar os efeitos das chuvas que estão cada vez piores por causa do aquecimento global. Aqui, a velha tubulação está sendo substituída por uma nova, com 1,5 metro de diâmetro, capaz de acumular 510 mil litros de água”, disse o prefeito.

A intervenção de macrodrenagem, que ficará sob o estacionamento, tem extensão de 152 metros e está recebendo duas fileiras, em alinhamento duplo de tubulações, totalizando 304 metros de novas manilhas.

Escoamento mais ágil

A nova estrutura vai permitir que volumes elevados de água, ocasionados por chuvas fortes, sejam escoados com mais rapidez e diminuam as possibilidades de cheias.

“Essa intervenção vai colaborar para desafogar o sistema de drenagem local, que em dias de chuvas muito intensas, fica sobrecarregado. Com maior área para a água escoar, minimiza-se o risco de cheias”, explica o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues.

As obras fazem parte do Programa Curitiba Contra Cheias e foram iniciadas na segunda quinzena de dezembro de 2022.

Na próxima etapa, será feita a ligação das galerias pluviais do entorno à bacia de contenção. A previsão é que toda as ligações devam estar concluídas em abril.

Fim dos alagamentos

Raíssa Paraguaio, 32 anos, é gerente há 14 anos de um comércio no entorno do Terminal e foi conferir o andamento das obras e ficou impressionada com o diâmetro das tubulações.

“O progresso está vindo. Com essa obra, não vou mais precisar encostar a porta da loja e colocar paninho na fresta para não deixar a água entrar quando tiver chuva torrencial. Vai melhorar bastante”, diz Raissa.

Também acompanharam a vistoria das obras da bacia de contenção no Terminal do Boqueirão, o vereador Mauro Moraes; o administrador da Regional Boqueirão, Ricardo Dias; superintendente de Implantação de Obras Urbanas da Smop, Marcelo Bremer; o chefe de gabinete da Smop, Rafael D’Avila, acompanhando a equipe técnica da secretaria, além de representantes da Urbs e comerciantes da região.