Grande Curitiba

Prefeitura anuncia construção de calçadas e melhorias para ruas do município

Além do trabalho de calçamento, vias receberão alargamento para estacionamento, plantio de grama, árvores e sinalização viária
18 de outubro de 2022 às 18:14
(Foto: Divulgação/PMP)

COM ASSESSORIAS – A Prefeitura de Pinhais realizou na noite de segunda-feira (17), reuniões com os moradores das ruas Onze de Junho (Centro) e Antônio Zielonka (Estância Pinhais) para anunciar obras de melhorias.

Os encontros contaram com a presença da prefeita Rosa Maria, dos secretários municipais Ricardo Pinheiro (Governo) e Mario Stier (Obras Públicas), servidores da Secretaria de Obras Públicas (Semop), além de moradores e empresários.

Na ocasião foi confirmado que as vias receberão obras de melhorias: construção de calçada em concreto poroso (calçada ecológica), alargamento para estacionamento, plantio de grama e árvores e nova sinalização viária. As obras têm previsão de serem executadas em cinco meses. A equipe da Secretaria de Obras explicou como serão realizados os trabalhos, deu orientações e sanou dúvidas das pessoas que estavam presentes.

A Rua Onze de Junho é uma via importante da cidade, fazendo parte do binário com a Rua Vinte e Quatro de Maio que faz ligação das Avenidas Maringá a Ayrton Senna e tem aproximadamente 1 km de extensão. Já a Antônio Zielonka tem extensão de 900 metros. Somadas, as duas obras totalizam um investimento de R$1,27 milhão.

O projeto do município para construção de calçadas foi destacado pela prefeita Rosa Maria que falou que esta é uma prioridade da gestão. “Em Pinhais, há alguns anos, sempre que vamos anunciar uma obra é importante apresentar às pessoas como os trabalhos vão acontecer. A questão da construção de calçadas é um setor que estamos trabalhando fortemente, buscando recursos junto aos governos estadual e federal, além dos recursos próprios, pois entendemos que a calçada representa, além da questão da melhoria, mobilidade e segurança. A calçada contribui imensamente para a cidade e agrega, porque somado a pavimentação, gera maior valor ao imóvel. Essas obras não serão cobradas dos munícipes, sendo custeada pela Prefeitura”, disse a prefeita.