Grande Curitiba

Prefeitura alerta moradores sobre perigo do descarte irregular de seringas

Materiais podem contaminar trabalhadores da coleta de lixo com diversas doenças. Responsáveis pela infração podem ser multados
14 de janeiro de 2022 às 17:38
(Foto: Michelli Gomes)

COM ASSESSORIAS – Nesta quinta-feira (13), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Araucária (SMMA) recebeu uma denúncia de descarte de seringas com agulhas em uma via pública da cidade, no bairro Fazenda Velha. Os itens usados foram encontrados e a SMMA faz um apelo para que a população dê a destinação correta a este tipo de materiais, pois eles podem ocasionar acidentes sérios com os profissionais da coleta de lixo. Inclusive os responsáveis pelo descarte incorreto podem ser punidos de acordo com o artigo 133, da Lei Municipal 2023/20 com multa no valor de R$1000,00.

Conforme o Departamento de Limpeza Pública, vinculado à SMMA, essas seringas usadas nunca devem ser descartadas em coleta de orgânicos ou de recicláveis. Elas devem ser entregues armazenadas, dentro de embalagem específica, em qualquer uma das unidades básicas de saúde (UBS) do município, para ser dado o destino correto a esse tipo de resíduo infectante (independente de onde a pessoa tenha adquirido). As UBS podem orientar sobre outros detalhes desse tipo de material de saúde e ainda disponibilizam as caixas de descarte para pacientes que façam uso contínuo de insulina.

Mesmo com uso de equipamentos de proteção individual, esse tipo de material perfurocortante usado para aplicação de medicamentos tem risco de machucar os trabalhadores da limpeza pública e possuem risco de contaminação de doenças como hepatites, HIV, dentre outras transmissíveis por sangue. Em 2021 cerca de 10 profissionais da coleta municipal foram feridos por materiais cortantes, precisando fazer exames, uso de medicamentos preventivos e acompanhamento de saúde por cerca de 6 meses.

DENUNCIE – A colaboração dos moradores é fundamental para evitar esse tipo de risco aos trabalhadores da coleta de lixo, bem como aos outros envolvidos no ciclo de destino de materiais, como as pessoas que trabalham na triagem dos recicláveis. Se acaso algum morador presenciar o descarte irregular de agulhas, pode denunciar na Secretaria Municipal de Meio Ambiente pelo telefone 3614-7480, sempre informando detalhes do ocorrido, local e quando possível apresentar alguma prova como placa de carro, foto/vídeo da infração.