Grande Curitiba

Unidades de saúde e Upas ganham reforço de 75 novos enfermeiros estatutários

7 de outubro de 2021 às 16:06
(Foto: Luiz Costa/SMCS)

COM ASSESSORIAS – As equipes das Unidades de Saúde e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Curitiba ganham reforço de 75 novos enfermeiros nomeados para o cargo como servidores estatutários da Prefeitura. Na manhã desta quinta-feira (7/10) os profissionais recém-admitidos que já escolheram as vagas participaram de uma reunião de integração funcional.

O evento foi no auditório do Mercado Municipal, cumprindo protocolos do distanciamento e uso de máscaras. A partir de sexta-feira (8/10) os novos servidores assumem seus postos de trabalho.

A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak , que é enfermeira de formação e servidora de carreira da Prefeitura abriu o evento e deu as boas-vindas aos novos colegas de profissão.

“Com muita alegria, eu desejo a vocês boas-vindas à Secretaria Municipal da Saúde. Temos aqui todas condições de trabalho para executar as ações de saúde. Não somos uma instituição que realiza apenas consultas, exames e entrega medicamentos, nós transformamos a vida das pessoas, nós cuidamos dos curitibanos como se fossem alguém da família. Nosso trabalho é baseado em evidências científicas e protocolos e sempre com muito respeito às pessoas.”, discursou Márcia.

Durante a reunião os participantes conheceram a estrutura organizacional da rede da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), os principais programas, linhas de cuidado e orientações específicas sobre as áreas em que irão atuar. Também foram apresentados às chefias e conheceram o sistema de prontuário eletrônico usado pela SMS.

Dos novos enfermeiros, 49 irão trabalhar em Unidades de Saúde, 25 irão para as Upas e um profissional irá para o Centro de Aconselhamento e Orientação (COA).

Saúde mais completa

Com experiência no SUS em uma cidade pequena, a enfermeira Andreia Santos Dias escolheu vaga para a Unidade de Saúde Vila Clarice, no Boa Vista, onde espera poder trabalhar para cuidado integral dos curitibanos.

“Mesmo sendo SUS, aqui em Curitiba a estrutura é mais completa, abrange todos os atendimentos e oferece um acompanhamento total para população”, disse Andreia.

Expectativas

Os novos enfermeiros vão se somar à rede de quase 10 mil profissionais que trabalham na Saúde de Curitiba.

Luiz Henrique Prado da Silva veio do Exército Brasileiro e escolheu vaga para atuar na UPA Cajuru. Ele tem grandes expectativas para a nova empreitada.

“A saúde de Curitiba é muito bem vista em todo o Brasil. É uma grande felicidade poder trabalhar nas unidades e fazer parte dessa equipe”, disse Luiz.

Da atuação particular para pública, Bruna Brumolin, que vai para a UPA Boa Vista, já havia escolhido a enfermagem como profissão no ensino médio, por ter familiares e admirar o trabalho. No SUS ela pretende aprimorar habilidades e contribuir para o cuidado da população.

“Com meu conhecimento e comprometimento pretendo melhorar a cada dia minhas habilidades profissionais e obter novos aprendizados. Trabalhar com saúde pública é um privilégio, uma grande oportunidade”, contou.