Grande Curitiba

Curso prepara “batalhão” da Educação para agir em situações de risco e acidentes

5 de maio de 2022 às 16:24
(Foto: Luiz Costa/SMCS)

COM ASSESSORIAS – Um grupo de 500 servidores da Educação participa, nesta semana, da formação do projeto Conhecer Para Prevenir (CPP). É o primeiro curso presencial após a pandemia, realizado nesta segunda (2/5) e quinta-feira (5/5).

Criado em 2005, o CPP orienta e prepara a comunidade escolar para enfrentar situações de risco e emergências, como incêndios, ataques de abelhas ou animais e vazamentos de gás, por exemplo. É realizado em conjunto pelas secretarias municipais da Educação e da Defesa Social e Trânsito.

As atividades envolvem capacitação de professores, funcionários e estudantes da rede municipal nas áreas de prevenção, combate a incêndios e primeiros socorros.

“É a segunda vez que participo, considero extremamente importante para aprendermos a nos organizar e a agir de maneira correta, preservando toda a comunidade escolar”, comentou a diretora Eliane Maria Reis Passos, do CMEI João Baptista Fontana, do bairro Parolin.

“Sinto que na nossa unidade todos já se apropriaram dos ensinamentos, estamos preparados”, completou a diretora.

Para a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, esse trabalho intersetorial já está consolidado e é referência. “As escolas pertencem à comunidade e todos precisam zelar por elas”, frisou Maria Sílvia.

Maria Cristina Brandalize, diretora de Logística da Educação, adiantou que também será realizada formação de brigada, com 16 horas de duração.

“Ações de prevenção que envolvam toda a comunidade escolar são fundamentais. Os profissionais são capacitados para executar e seguir planos de abandono do prédio, primeiros socorros, entre outras emergências, o que garante a segurança dos estudantes e a tranquilidade de suas famílias”, resumiu o coordenador da Defesa Civil de Curitiba, Nelson Ribeiro.

Para saber mais sobre o programa, acesse.