Grande Curitiba

SEAIT auxilia a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Trabalhar com a inclusão é uma maneira das empresas de cumprirem seu papel político e social
24 de setembro de 2021 às 17:16
(Foto: Freepik)

COM ASSESSORIAS – Visando a inclusão das pessoas com deficiência no ambiente corporativo, o Serviço Educacional de Apoio à Inclusão no Trabalho (SEAIT) – do Departamento de Educação Especial, faz orientação e encaminhamento de pessoas com deficiência para escolarização/emprego formal, cursos de aprendizagem e outras ações inclusivas que ressaltam a importância dessas atividades para cada indivíduo, promovendo diversos benefícios pessoais e profissionais. Em 2021 foram realizados 78 encaminhamentos com vínculo empregatício.

A Secretaria Municipal de Educação de Araucária (SMED) destaca que trabalhar com a inclusão é uma maneira das empresas de cumprirem seu papel político e social e também de garantir às pessoas com deficiência (PCDs) os direitos reservados na legislação vigente fortalecendo o sentido de cidadania, além de contribuir para humanizar a empresa e enriquecer o ambiente corporativo com visões e experiências diversificadas. A integração entre empresas, sociedade civil e poder público busca implementar condições para que a inclusão social e no trabalho das pessoas com deficiência seja efetivamente realizada através de ações desenvolvidas.

“Ter um trabalho transforma vidas, não é apenas uma remuneração, temos que considerar convívio social adquirido, a autonomia que muitos irão ganhar, as amizades que poderão fazer, o bem-estar mental da pessoa sentindo-se produtiva e dona da sua própria vida, além de benefícios que terão direito, como plano de saúde”, avalia a professora do SEAIT, Sirlei Zamboni.

É importante destacar que a pessoa que recebe um Benefício de Prestação Continuada (BPC) e começa a trabalhar, apenas tem o auxílio suspenso temporariamente enquanto tiver salário e não perde o benefício. Na condição de aprendizes, o benefício é mantido mesmo durante o pagamento da bolsa. Ou seja, a pessoa que começa a trabalhar não perde nenhum direito.

Cursos

Em meio à pandemia de Covid-19 as capacitações presenciais no serviço para o mercado de trabalho foram reduzidas, mas com a possibilidade de retomada do ritmo de aulas, o SEAIT se organiza e já planeja as próximas oportunidades. Instituições parceiras (como ABC Vida, Unilehu e SENAI) fornecem as qualificações, sendo que a Prefeitura cede o espaço e dá conta de outras demandas. Há previsão para realização de curso de panificação, elétrica e aprendiz profissional.

A Secretaria Municipal de Educação de Araucária também analisa uma proposta para estudantes com idade a partir de 14 anos dos Centros Municipais Especializados de Araucária (CLIQUE AQUI), a APAE e a EJA (Educação de Jovens e Adultos). O Programa Educacional de Desenvolvimento Pessoal e Profissional (PEDPP) poderá será desenvolvido na sala de aula juntamente com outras atividades acadêmicas desenvolvendo um preparatório para o mercado do trabalho e vem de encontro com a BNCC Base Nacional Comum Curricular. A ação visa desenvolver um conjunto de competências básicas e específicas com base nos paradigmas das empresas, possibilitando o crescimento pessoal e profissional, para que esta inserção aconteça com qualidade, e possibilite o descobrimento de capacidades e habilidades.

Contato

A pessoa com qualquer tipo deficiência (com mais de 14 anos) pode se cadastrar para vagas de empregos, estágios e também para cursos de qualificação e de aprendizagem profissional. O serviço auxilia também com orientação sobre documentações (RG, CPF, Carteira de Trabalho) e tipos de benefícios e isenções que as pessoas com deficiência têm direito, além de ter outras ações inclusivas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3901-5210 e e-mail [email protected] A sede do serviço fica no mesmo prédio do Procon, na Rodovia do Xisto, nº 5815. O SEAIT faz atendimento ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 14h.