Grande Curitiba

Governo do Estado e empresas atuam juntos para promover inclusão social no Paraná

Com liderança da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho e da MRV, iniciativa faz parte do Comitê Técnico Público-Privado de ESG criado esta semana pelo governo
16 de junho de 2022 às 18:42

COM ASSESSORIAS – Lançado em outubro de 2021, o Comitê Técnico Público-Privado de ESG foi formado para tornar o Paraná uma referência nacional em gestão de sustentabilidade, inclusão social e competitividade no ambiente de negócios. ESG é sigla para Environmental, Social and Governance ou Governança Corporativa, Social e Ambiental, em tradução livre.

Na mais recente reunião, realizada em 13 de junho, as equipes formadas por integrantes do poder público e privado apresentaram as propostas dos 10 pilares para promover a sustentabilidade no Estado: resíduos sólidos, água, energia, biodiversidade, emissões GEE, gestão pública, diversidade, inclusão social, PME e empreendedorismo e educação.

A MRV, empresa do grupo MRV&CO que lidera o mercado habitacional no Brasil, faz par com a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná (SEJUF) e participa do subcomitê de inclusão social. A proposta de trabalho desse pilar é fortalecer a relação cidadão e poder público, ampliar a acessibilidade às ferramentas e instrumentos públicos e melhorar o acesso a oportunidades de emprego formal e renda.

O diretor executivo de Relações Institucionais e Sustentabilidade da MRV, Raphael Lafetá, comenta que o convite para atuar no Comitê levou em consideração a presença da MRV e as várias ações da empresa voltadas ao ESG no Paraná e nos outros 21 Estados em que atua.

“Ficamos muito felizes em poder contribuir com um tema que nos é tão importante como a inclusão social. Especialmente, por sabermos do grande impacto positivo que o setor de habitação tem sobre o tema, seja na geração de empregos ou na redução do déficit habitacional”, afirma o diretor. “Esperamos poder contribuir com a nossa experiência no desenvolvimento de diversos projetos de inclusão social realizados pela empresa, dessa vez, podendo promover uma transformação ainda maior na realidade do Estado.”

Entre as iniciativas da MRV, Lafetá destaca o programa Escola Nota 10, que promove a qualificação e alfabetização de funcionários e vizinhança dos empreendimentos da MRV; o Vizinho do Bem, que busca estabelecer uma relação mais próxima entre a empresa e a vizinhança apoiando projetos de qualificação e ações sociais; e o Programa de Voluntariado do Instituto MRV, que estimula a mobilização de funcionários da empresa em atividades voltadas à educação e à inclusão de crianças e jovens.

A expectativa do Governo do Paraná é que se torne uma referência, inspirando a implementação do conceito em outros Estados. Futuramente, há previsão de se criar um selo de reconhecimento às empresas paranaenses que se adequarem aos requisitos de ESG.