Grande Curitiba

Oficiais da PM são apresentados ao projeto Muralha Digital

25 de novembro de 2021 às 11:20
(Foto: Ana Baduy/ICI)

COM ASSESSORIAS – Cerca de 30 oficiais da Polícia Militar do Paraná participantes do Curso de Especialização Intensivo de Trânsito da instituição conheceram o funcionamento da estrutura de videomonitoramento que integra o projeto municipal da Muralha Digital.

Na Muralha Digital, no prédio do Instituto Cidades Inteligentes (ICI), funciona o Centro de Operações da Guarda Municipal, por onde são despachadas viaturas para o atendimento a ocorrências, além do flagrante de crimes como vandalismo e pichação.

No local também estão os agentes de trânsito que monitoram em tempo real situações necessárias de intervenção, como semáforos apagados e bloqueios de rua. As câmeras de radar instaladas pela cidade, com leitura de placas de veículos, também são espelhadas na Muralha Digital, de onde podem ser programadas operações com finalidades de segurança pública e de segurança viária. A partir das câmeras, ocorrências relacionadas à Defesa Civil e a diversas outras áreas também podem ser monitoradas.

“Tivemos a oportunidade de apresentar aos oficiais que estão concluindo o curso a gama de funcionalidades disponíveis, também, para quem vai atuar no trânsito. Pudemos ver a integração entre policiais e guardas e agora vamos aprimorar ainda mais essa irmandade no trabalho”, afirmou o chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito, José Semmer Neto.

Três pilares

Fabrício Zanini, assessor institucional do ICI e gestor do projeto Muralha Digital, conduziu a visita e comentou que o projeto é baseado em três pilares: pessoas, processos e tecnologia. “A Muralha Digital veio para transformar e inovar o nosso trabalho. Conta com aparato tecnológico de ponta, referência no mundo todo. Foi transformador para a área de segurança de Curitiba”, disse Zanini.

Segundo ele, o projeto nasceu com o desafio de controlar a gestão de trânsito, segurança preventiva, defesa civil e transporte coletivo: “Tudo precisava ser monitorado em tempo real e as informações coletadas por dispositivos inteligentes. Para isso, utilizamos tecnologia e conectamos tudo para que a tomada de decisão seja baseada em dados”, explicou aos policiais.

O Curso Intensivo de Trânsito da PM é voltado a formar profissionais da segurança pública apto a realizar a gestão na área de trânsito, capazes de desenvolver estratégias para melhorar a fluidez e dar mais segurança aos usuários do trânsito. Após a conclusão das 309 horas-aula, o policial estará apto a planejar, propor e exercer a atividade de Trânsito na PM.