Grande Curitiba

População atendida: dois novos semáforos estão em operação no Bairro Alto

24 de junho de 2022 às 15:35
(Foto: Ricardo Marajó/SMCS)

COM ASSESSORIAS – Moradores do Bairro Alto estão satisfeitos com os novos semáforos instalados na semana passada em cruzamentos movimentados da região. Os equipamentos de sinalização foram colocados por equipes da Superintendência de Trânsito (Setran) nos cruzamentos da Avenida da Integração com a Rua Rio Jari e da Rua José Veríssimo com a Pedro Eloy de Souza.

A instalação atendeu às reivindicações da população. Para a comerciante Mayara Serafim Bruning, que trabalha na Rua Rio Jari, o cruzamento estava muito barulhento e propenso a acidentes.

“Por conta da velocidade alta dos carros que descem pela avenida, os motoristas que passam pelo cruzamento acabam parando às vezes muito em cima da hora, e aí já levei muitos sustos com buzinadas e com o barulho de pneu cantando. O semáforo ajudou bastante a reduzir esse problema”, comenta ela.

Já para a comerciante Adriana Schultz, que trabalha em frente à Rua José Veríssimo, o novo semáforo vai ajudar a descomplicar o trânsito na intersecção entre as ruas.

“O semáforo ajudou bastante, aconteciam muitos acidentes na Rua Pedro Eloy de Souza. Ele também facilitou bastante a travessia dos nossos clientes, que antes dificilmente paravam aqui na rua pela dificuldade de atravessar”, diz a comerciante.

Intervenções

Cada mudança no trânsito da cidade é precedida de estudos técnicos, cruzando dados de fluxo de veículos, de pedestres e de impactos no tráfego gerado, a partir do acompanhamento constante feito pela Setran e das demandas recebidas pela Central 156 de Atendimento ao Cidadão.

Curitiba tem mais de 1,2 mil cruzamentos semaforizados, dos quais 92% estão interligados ao Centro de Controle de Operações (CCO). O espaço faz o monitoramento em tempo real, com câmeras, do fluxo de veículos e do deslocamento do transporte coletivo.

Pelo CCO é possível alterar tempos de abertura e fechamento dos semáforos, quando necessário, e também detectar em poucos minutos falhas nos equipamentos. Na maioria dos casos, os reparos podem ser feitos de forma remota.