Grande Curitiba

Prefeita Elizabeth encaminha projeto para a Câmara Municipal

5 de maio de 2023 às 09:42

COM ASSESSORIAS – A prefeita Elizabeth Schmidt entregou ao vereador Júlio Kuller, líder do governo na Câmara Municipal, os Projetos de Lei que visam a criação do Plano de Cargos da Prefeitura de Ponta Grossa. Os projetos serão protocolados na câmara ainda esta semana, conforme anúncio feito pela prefeita por ocasião das comemorações do dia 1º de maio, Dia do Trabalhador.

Os 5 projetos, que deverão tramitar em regime de urgência no legislativo, contemplam a Guarda Civil Municipal, servidores da Fundação Municipal de Saúde, Agentes de Trânsito, profissionais médicos e os servidores da administração direta que ainda não possuíam Plano de Cargos. A partir da aprovação dos projetos, os servidores terão a possibilidade de ascensão na carreira e a garantia de crescimento vertical e horizontal.

Ao fazer a entrega do projeto, a prefeita reiterou que a iniciativa atende a uma reivindicação antiga dos servidores municipais e “um compromisso assumido ainda antes da posse, marcando um feito inédito na história do serviço público de Ponta Grossa e trazendo avanços e benefícios para todos os nossos trabalhadores”.

A prefeita Elizabeth ressaltou também que dos quase 9 mil servidores da prefeitura, somente a categoria dos professores, advogados, engenheiros e auditores possuem Plano de Cargos e Salários, ou seja, até agora somente estes trabalhadores poderiam ter elevação nas suas carreiras por formação acadêmica, cursos e seminários. “A partir de agora todos os servidores, independente do cargo que prestou concurso público poderão tem suas ascensões profissionais por formação e tempo de serviços. Além disso, nenhum servidor terá remuneração inicial menor que o salário mínimo nacional para 8 horas”, explicou a prefeita.

O secretário da Fazenda, Cláudio Grokoviski, que é funcionário de carreira da prefeitura há quase 30 anos, destacou a importância dessa conquista, segundo ele, histórica e que só foi possível graças aos ajustes financeiros que a prefeita determinou desde os primeiros dias de governo. “É mais uma meta que é alcançada e que com certeza trará benefícios ao servidor e melhoria dos serviços públicos. Muitos prometeram, nós estamos fazendo”, disse o secretário.

O vereador Júlio Kuller, elogiou a administração e o sindicato, que souberam dialogar e encontrar uma solução para uma questão que há muito tempo é uma necessidade dos servidores. “Em vários anos como vereador, poucas vezes eu vi um projeto como este, que ‘enche os olhos’. Há alguns anos atrás isso aqui seria impensável, porque não havia vontade e nem condições financeiras para isso, pois o município sempre esteve com o limite prudencial acima do permitido por lei. Estamos vivenciando hoje uma grande conquista”, disse o vereador.

O presidente do Sindserv, Luiz Eduardo Pleis destacou a dedicação da equipe da prefeitura na elaboração do projeto, que foi amplamente discutido com os membros do sindicato. Ele elogiou também a abertura de diálogo que a administração promoveu com o sindicato, e que acaba favorecendo a todos. “Esse é um dia histórico. A implantação desse Plano de Cargos é um momento grandioso, que faz desse dia um dia histórico para o sindicato”, afirmou ele, emocionado.

Os Projetos de Lei foram elaborados por uma comissão formada pelo secretário da Fazenda, Cláudio Grokoviski, pelo Procurador Geral do Município, Gustavo Schemim da Matta, pela secretária de Administração e Recursos Humanos, Cliciane Garczarek, pelo Chefe de Gabinete, Edgar Hampf e Enya Ferigotti da Luz, Diretora Executiva do Gabinete da Prefeita, entre outros. O trabalho de elaboração levou 9 meses e durante esse período várias reuniões tiveram a participação de integrantes do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindserv).

Estiveram presentes também, além dos membros da comissão, o vice-prefeito, Capitão Saulo e integrantes do Sindserv.