Grande Curitiba

Equipe Delta: 21 convocados tomam posse em concurso para Guarda Municipal

Os 21 aprovados em concurso farão curso de formação junto com os atuais 80 alunos da GMA. Após curso, GMA deverá ter 277 colaboradores
12 de abril de 2022 às 17:49
(Foto: Carlos Poly/SMCS)

COM ASSESSORIAS – A Guarda Municipal de Araucária (GMA) está trabalhando para completar as 280 vagas que tem para profissionais. Atualmente existem 176 guardas atuando pelas ruas, 80 já estão em curso de formação desde março e a partir desta terça-feira (12) mais 21 empossados irão frequentar as aulas, completando a 6ª turma da GMA. Outros dois convocados pediram dilação de prazo e poderão assumir em breve.

De acordo com o comando, dos 101 alunos do curso de formação, 21 que assumiram o cargo em abril estão no grupo Delta, sendo que há 27 alunos no grupo Alfa, 26 na Bravo e 27 na Charlie. Com a formação de todos, a GMA terá 277 guardas municipais em atuação.

O curso de formação é necessário para que os convocados aprendam as normas e condutas para atuar nas ruas, levando em consideração legislação, preparo físico, questões técnicas e práticas de um profissional de segurança pública. Pela particularidade da área de segurança, o curso de 6 meses é bem completo, tendo protocolo definido pelo Ministério da Justiça. Outras forças de segurança como Polícia Militar, Civil e Polícia Federal também ofertam curso de formação para seus profissionais.

Zilda Arns

O Centro de Treinamento Zilda Arns, local onde está sendo realizada a maior parte das aulas, foi cedido pela Repar por meio de convênio. Aulas práticas como de tiro são realizadas em estande específico cedido por terceiros.

Investimento em segurança pública

A cidade tem investido muito na área de segurança pública, tendo orçamento de R$35 milhões para este ano, o maior registrado na história. Estão sendo orçadas 30 novas viaturas modelo SUV, com a aplicação de R$5 milhões. Recentemente ainda foram licitados novos uniformes e acessórios de trabalho, onde estima-se aplicar o recurso de R$2,2 milhões. Deve-se investir ainda R$750 mil na aquisição de 150 pistolas calibre 9mm (até então, está sendo usado armamento calibre .380) e R$600 mil em munições de treinamento e real, além de R$ 300 mil aplicados em armas de choque e em outros aparatos não letais.