Grande Curitiba

Cliente baleado acidentalmente em lava-car morre no hospital

Além de Talamini, que estava em um Sandero e foi atingido por disparos durante um tiroteio, o dono do lava-car, Marcelo Alves, de 35 anos, foi baleado com pelo menos 18 tiros e morreu no local
12 de janeiro de 2022 às 15:06
(Foto: Lucio André/RICtv))

Antônio Carlos Talamini, de 45 anos, o cliente de um lava-car que foi baleado acidentalmente na barriga enquanto aguardava atendimento no estabelecimento, morreu nesta terça-feira (11). Ele chegou a ser socorrido após o crime, registrado na segunda-feira (10) no bairro Abranches, em Curitiba, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital Evangélico no dia seguinte.

O corpo de Talamini foi sepultado nesta quarta-feira (12), em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, onde ele morava. O homem era casado e deixou uma filha, de 26 anos.

Além de Talamini, que estava em um Sandero e foi atingido por disparos durante um tiroteio, o dono do lava-car, Marcelo Alves, de 35 anos, foi baleado com pelo menos 18 tiros e morreu no local. Alves já tinha passagens pela polícia por roubos e tinha saído da prisão recentemente. A Polícia Civil acredita que Alves era o alvo e que Talamini foi baleado acidentalmente.

Conforme o delegado Thiago Nóbrega, responsável pelas investigações, familiares das vítimas foram ouvidos e a polícia já teve acesso às imagens de câmeras de segurança. Segundo Nóbrega, um dos suspeitos já foi identificado, mas outros detalhes não foram divulgados para não atrapalhar o andamento do caso. Na ocasião, quatro homens chegaram encapuzados, efetuaram os disparos e fugiram.

Fonte: Ricmais

Leia mais clicando AQUI