Grande Curitiba

Pais e mães comprometidos fazem a diferença na Educação

A Escola Municipal Professor Arlindo Milton Druszcz, no Jardim Arvoredo, inaugurou sua biblioteca, que recebeu o nome de Ana Paula da Conceição dos Santos, uma mãe que contribuiu muito para a escola
19 de novembro de 2021 às 18:21
(Foto: Divulgação/PMA)

COM ASSESSORIAS – Recentemente, a Escola Municipal Professor Arlindo Milton Druszcz, no Jardim Arvoredo, inaugurou sua biblioteca, que recebeu o nome de Ana Paula da Conceição dos Santos. Mãe de duas alunas da escola, Ana Paula é o exemplo de como pais e mães podem ser comprometidos com a Educação. Sua participação na comunidade incluiu a reivindicação para que a região tivesse uma escola, a colaboração com a organização da unidade para inauguração e acolhida das crianças, além de fazer parte da primeira composição do conselho escolar da unidade. Uma mãe de 30 anos que, em agosto de 2020, foi uma das vítimas da Covid-19 em Araucária.

A participação atuante de Ana Paula na rotina da escola Arlindo Druszcz fez com que o conselho escolar decidisse por homenageá-la no novo espaço da unidade. “Foi uma mãe que, em pouco tempo, fez muito pela escola. Ajudou em tudo que ela pode”, afirmou a diretora Simone Nunes Gonçalves. Com a obra da escola concluída, Ana Paula se dispôs a ajudar na mudança dos móveis, na colagem de alfabeto e outros materiais para que a escola ficasse pronta para as aulas.

Durante a inauguração da biblioteca, a diretora fez questão de salientar o desejo de que o local seja um espaço de leitura e não apenas um depósito de livros, um espaço para acolher estudantes e a comunidade. As filhas de Ana Paula, Natália e Sofia, seu esposo e sua mãe participaram da homenagem.

“Difícil não se emocionar com a homenagem realizada pela Escola Municipal Arlindo Milton Druszcz. São ações como essas que demonstram como nossas escolas e famílias estão unidas pelo futuro das crianças e estudantes. É possível observar ao longo desse tempo de pandemia que todos passamos por marcas e dores que jamais serão esquecidas, mas, mesmo assim, a memória da Ana Paula, assim como de muitos educadores de nossa rede, jamais será esquecida”, afirmou a secretária de Educação, Adriana de Oliveira Chaves Palmieri. “Enquanto Educação, acreditamos que cada dia é um presente e estamos aqui por e para cada estudante. Por isso, servimos e executamos nossas funções profissionalismo, respeito e muita dedicação”, complementou.