Grande Curitiba

Educação e Movimento Negro debatem ações pela promoção da Igualdade Racial

17 de agosto de 2022 às 11:15

COM ASSESSORIAS – A Secretaria Municipal de Educação recebeu nesta semana representantes do Movimento Negro para debater ações para ampliar a promoção da Igualdade Racial também nas escolas.

A SME descreveu as ações realizadas junto às escolas do município no sentido de prevenir, tratar e educar sobre o respeito às diferenças. A Secretaria também demonstrou como está sendo trabalhado junto aos alunos e profissionais a situação em que um aluno disse à família ter sofrido ofensas raciais vindas de outro estudante.

Além do acolhimento da família e a averiguação de toda a situação, serão realizadas atividades educacionais específicas. Liz Angela Gonçalves, também representante do Movimento e professora na rede municipal, revelou que irá trabalhar com alunos do município, de maneira lúdica, obras em que crianças negras demonstram força e orgulho, promovendo a igualdade e o respeito.

Participaram do encontro a diretora do Departamento de Educação, professora Izolde Hilgemberg de Oliveira, além de técnicos da SME nas áreas jurídica, pedagógica, de assistência social e comunicação, além dos diretores do Instituto Sorriso Negro, Manoel Rosa Florindo e João Luiz dos Santos, a representante do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, Cristiane Zelenski e José Luiz Teixeira, representando a Comissão de Promoção da Igualdade Racial, Combate ao Racismo e Direito à Liberdade Religiosa da OAB Ponta Grossa.

A professora Izolde Hilgemberg demonstrou que a SME conta com a sociedade civil e a comunidade escolar para apoiar as ações em prol da Educação. “Foi um encontro bastante positivo, pois a Secretaria está sempre aberta ao diálogo para todos que a procuram. Nossa conversa foi no sentido de ampliar a formação de nossos professores e certamente poderemos ter bons resultados ao discutir a questão do preconceito, que infelizmente persiste em nossa sociedade, pois é na unidade escolar que se planta a semente para no futuro colheremos bons frutos”.

O advogado José Luiz Teixeira avaliou o encontro como muito satisfatório, no sentido de estreitar os laços no sentido de prevenir situações que possam ser enfrentadas por estudantes educadores, no dia a dia escolar.

“Eu já imaginava um tratamento muito conciliador e ao mesmo tempo muito generoso da Secretaria Municipal de Educação para conosco. Eu sabia que a reunião, pelas pessoas capacitadas que tem aqui, qualificadas que tem aqui, seria uma boa reunião em prol de uma condição que não pode mais ocorrer na sociedade, que é o racismo na escola. Para isso, a gente tem que comungar ações, pensamentos e ideais para que possamos juntos enfraquecer esse arcabouço pernicioso da discriminação racial nesse país. Então eu acho que a gente vai continuar conversando, vai continuar com as ações e quem sabe, Oxalá, nós tenhamos resultados satisfatórios”, comentou José Luiz.